sociedade, cultura e diversidade

Curso: Educação, diversidade e redes de proteção social
Disciplina: Sociedade, cultura e diversidade – 2014/2
Professor: Marcos Aurélio da Silva
Duração: 60 h/a
Ementa Sociedade e Cultura – conceitos e críticas. Indivíduo/Individualismo. Alteridade. Etnocentrismo. Relativismo. Diferença, diversidade e multiculturalidade. Saberes comuns, crenças e ideologias. Cultura, diversidade e questões contemporâneas: comunicação, gênero, etnicidade, religiosidade, drogadição, violência.
Avaliação Participação em aula, seminários e uma prova final em forma de artigo.
Metodologia Aulas expositivas e dialogadas, em que os alunos terão intensa participação através da leitura e de seminários. Todas as leituras são obrigatórias e a realização das mesmas refletirá o conceito final do aluno.

 

PROGRAMA DA DISCIPLINA

 

22/08 Sociedade e Cultura – conceitos e críticas.

BAUMAN, Zygmunt. O Mal estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. pp. 7-61. (Introdução, Capítulos I, II e III)

 

23/08Sociedade e Cultura – conceitos e críticas (cont.)

SANTOS, José Luiz. O que é cultura? (Coleção primeiros passos). São Paulo: Brasiliense, 2006. (todo)

STRATHERN, Marilyn. The concept of society is theoretically obsolete? In: INGOLD, Tim (org.). Key debates in anthropology. London: Routledge, 1996.

 

05/09Indivíduo/Individualismo. Alteridade. Etnocentrismo. Relativismo.

NOVAES, Sylvia Caiuby. Jogo de espelhos: imagens da representação de si através dos outros. São Paulo: Edusp, 1993.

BARTH, Fredrik. “Grupos étnicos e suas fronteiras”. In: POUTGNAT, Philippe & STREIFF-FENART, Jocelyne. Teorias da Etnicidade – Seguido de Grupos Étnicos e suas Fronteiras. São Paulo: UNESP, 1998.

 

06/09Diferença, diversidade e multiculturalidade.

HALL, Stuart. “Quem precisa de identidade”. In: SILVA, Tomas Tadeu (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.

BRAH, Avtar. Diferença, diversidade, diferenciação. Cadernos Pagu (26), janeiro-junho de 2006: pp.329-376.

 

19/09 – Saberes comuns, crenças e ideologias.

CARNEIRO DA CUNHA, Manuela. Cultura com Aspas. São Paulo: Cosac & Naify, 2009.

 

20/09 – Saberes comuns, crenças e ideologias (cont.)

SAHLINS, Marshal. O ‘pessimismo sentimental’ e a experiência etnográfica: porque a cultura não é um ‘objeto’ em via de extinção. Mana – Estudos de Antropologia Social do Museu Nacional. Rio de Janeiro, v. 3, n. 1 e 2. UFRJ, 1997.

SHOHAT, Ella; STAM, Robert. Crítica da Imagem Eurocêntrica. São Paulo: CosacNaify, 2006.

 

 03, 04, 24 e 25/10 – Cultura, diversidade e questões contemporâneas: comunicação, gênero, etnicidade, religiosidade, drogadição, violência.

TEXTOS PARA SEMINÁRIOS:

BUTLER, Judith. [1990] 2003. Problemas de Gênero. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

CALDEIRA, Teresa Pires do Rio. Cidades de Muros. Crime, segregação e cidadania em São Paulo. São Paulo: Ed. 34/ Edusp, 2000.

RUI, Taniele. “Isso não é um cachimbo”: sobre usuários de crack, seus artefatos e suas relações. Áskesis – Revista dos Discentes do PPGS/UFSCar, 1(1): 32-45, jan./jul., 2012.

VILLAÇA, Nízia Maria. Cidade, periferia e culturas policêntricas. Contracampo (UFF), 22: 193-203, 2011.

CAMPOS, Ricardo Marnoto de Oliveira. “All City” – Graffiti Europeu como modo de comunicação e transgressão no espaço urbano. Revista de Antropologia (USP), 52(1): 11-46, 2009.

VANCE, Carole. 1995. A Antropologia Redescobre a Sexualidade: Um Comentário Teórico. Physis: Revista de Saúde Coletiva, 5(1):7-29.

PERLONGHER, Néstor. 1986. Trottoir: A Territorialidade itinerante. Desvios, 5. São Paulo: Paz e Terra.

PERLONGHER, Néstor. 1993. Territórios marginais. Saúde Loucura, 4: Grupos e Coletivos. São Paulo: Hucitec.

ORTNER, Sherry B. 2007. “Poder e Projetos: reflexões sobre a agência”. In: GROSSI, M. P.; ECKERT, C.; FRY, P. (orgs.). Conferências e Diálogos: Saberes e Práticas Antropológicas. (25ª RBA, Goiânia, 2006). Blumenau: Nova Letra, 2007.

DEBERT, Guita G.; GREGORI, M. F. Violência e Gênero: novas propostas, velhos dilemas. RBCS, 23 (66), 2008.

NOGUEIRA, Oracy. Preconceito racial de marca e preconceito social de origem. Tempo Social (USP), 19 (1), 2006.

SILVA, Vagner Gonçalves da. Neopentecostalismo e religiões afro-brasileiras: significado do ataque aos símbolos da herança religiosa africana no Brasil contemporâneo. Mana, 13 (1), 2007.

RIFIOTIS, Theophilos. “Direitos humanos: sujeito de direitos e direitos do sujeito”. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy, et al. Educação em direitos humanos: fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2007.

E outros textos ainda podem ser incluídos, conforme interesse das alunas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Antropologia e Cinema