Avant-Garde francesa

  • Tentativa de escapar da narrativa.
  • Filmes expressam sentimentos e não situações dramáticas.
  • Um estado de espírito é sugerido pela montagem e pelos enquadramentos (BERNARDET, 1980: 56).
 "La Coquille et le Clergyman" (Germaine Dulac, 1928)  "Le sang d'un poète" (Jean Cocteau, 1930)  "A Marselhesa" (Jean Renoir, 1938)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>