18/06 – Exercício de gravação e edição

O trabalho começa hoje  e se estende pelas próximas semanas. A ideia é cada equipe realizar um pequeno experimento de gravação e montagem (ou edição), uma sequência com começo, meio e fim. Não é preciso colocar diálogos, mas podem usar, desde que não deixem a sequência muito longa. Podem recorrer aos recursos do cinema mudo, com o uso de textos em tela entre cenas.

Gravação/Filmagem: A ideia é se utilizar dos recursos da linguagem cinematográfica para dar sentido à trama, sem se recorrer à ou depender exclusivamente da expressão dos atores. Uma única sequência ou mesmo uma única cena bastam. Exemplos:

  • alguém que chega atrasado em um prédio da UFMT e se dirige à sala de aula apressadamente, mostrando desde a chegada ao prédio, a subida por escadas e a chegada na sala;
  • uma pessoa que caminha pelo bosque e sente-se perseguida. Neste caso, podemos dar essa sensação da perseguição sem mostrar o possível perseguidor;
  • uma piada, como piada de sala de aula (pra usar nossas locações “naturais”), ou uma situação dramática que se passe neste cenário;
  • adaptação de uma cena clássica do cinema (a da escadaria de Odessa, por exemplo)
  • adaptação de trecho literário.

Imprescindível: Usar a linguagem cinematográfica significa alternar planos (geral, médio, americano, PP, PPP) e realizar movimentos de câmera (zoom, travelling, panorâmica) para dar sentido à narrativa. Importante também utilizar PLANOS e CONTRA-PLANOS. Cada plano pode ser bem curto e de preferência deve ser gravado em tripé. Bem curto significa que não precisa passar de 5 segundos, até menos. Quanto mais curtos mais agilidade.

Edição/Montagem: Podem ser utilizados programas gratuitos de edição que são encontrados na internet (Youtube Movie Maker, Vegas, no site baixaki.com.br). Façam uma edição simples, em que o sentido venha principalmente da montagem e não apenas de efeitos visuais e sonoplastia. Qualquer dificuldade, entrar em contato por email.

Alguns exemplos vindos da mesma experiência na UFSC:

Sem Estruturas

de Adriana Eidt, Ana Regina Walther, Carolina Isabel Vieira, Edith Riesel, Fernanda Godoy, Gabriela Sagaz, Patrícia Marcondes, Romulo Bassi Piconi, Suzana Bezerra

 A vida como ela é: Letargia

de Marcelo Monza, Paulo Olivier, Ricardo Propodoski, Rodrigo Caio Novaes.

Expectativas

de Camila Dutra

Frequência

de Nicolas Cintra, Gabriela Koen

O assassinato da drag-Aranha no Bosque da Felicidade

De Tahuany McQuade, Fabiano Gaetani, Manoela Nascimento, Daniel Dalla Zen, Juliana Nakiz, Geovana Alves, Iolanda Gomes, Clarisse Pilar, Romeine Kayra, Natália Ramos.

Bom dia

De Helena Stürmer e Marília Labes

OUTROS EXEMPLOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>